Política de Privacidade JK Shopping - DF.
Nós levamos sua privacidade a sério. Por isso, escrevemos este documento para demonstrarmos nosso compromisso em zelar pelas informações pessoais que você possa vir a nos fornecer quando visitar nosso site. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossa politica de privacidade. Ver Política de Privacidade.

Concordar e fechar

Horários

Lojas
De segunda a sábado: 10h às 22h
Domingos e feriados: 14h às 20h
Praça de alimentação
De segunda a sábado: 10h às 22h
Domingos e feriados: 12h às 22h

Horários

Lojas
De segunda a sábado: 10h às 22h
Domingos e feriados: 14h às 20h
Praça de alimentação
De segunda a sábado: 10h às 22h
Domingos e feriados: 12h às 22h

Fale conosco

O seu contato é muito importante para nós,use um dos números abaixo para falar conosco.

(61) 3246-8600
Comercial e contato
(61) 3246-8600
Administração

Envie sua mensagem

O seu contato é muito importante para nós, preencha o formulário abaixo para falar conosco.

Somos contra a prática de spam, seus dados estão seguros conosco.
Enviar mensagem

Newsletter

Novidades exclusivas do JK no seu email, inscreva-se preencha o formulário

Somos contra a prática de spam, seus dados estão seguros conosco.
Quero receber novidades

Pesquisa JK Shopping

Digite aqui o que você quer e a gente pesquisa pra você.

Procure por lojas, eventos, ofertas e etc...
Pesquisar
Blog
#VEM VIVER AS NOVIDADES DO JK!
Tech

Inteligência Artificial (IA): O que é, tipos de IA, como funciona e importância

Inteligência Artificial (IA): O que é, tipos de IA, como funciona e importância

Desde o fim de 2022, a inteligência artificial (IA) voltou a ser um assunto amplamente discutido devido à evidência do chamado ChatGPT, uma IA que interage de forma conversacional. E que com certeza você já deve ter ouvido falar por aí. E se você ainda tem dúvidas sobre esse assunto em alta nas trends, acompanhe esse artigo que vamos te explicar.

Para entender o que é Inteligência Artificial, você precisa, primeiro, saber que trata-se de uma disciplina da Ciência da Computação, que elabora dispositivos que simulam a capacidade humana de pensar, tomar decisões e resolver problemas. Ou seja, ela estuda a entrada de dados para explicar a saída dos mesmos.

Alguns estudos chamam, simplesmente, pela sigla IA ou, em inglês, AI. O conceito existe há décadas e se baseia no machine learning.

Talvez isso possa parecer enredo de ficção científica pra você, por isso, vamos te mostrar algumas aplicabilidades bem comuns.

Siri, Alexa e Cortana são nomes familiares para você? Pois é, assistentes virtuais como elas, além de drones e dispositivos que funcionam por comando de voz são alguns exemplos de o que é inteligência artificial e como ela está modificando nosso cotidiano.

A IA só é possível, no entanto, devido ao rápido desenvolvimento da informática e, principalmente, da Internet das Coisas (IoT), que possibilita que equipamentos e gadgets sejam conectados rapidamente à rede mundial de computadores. Isso soluciona problemas e representa um grande avanço rumo a um mundo totalmente digital.

Quando começaram os estudos de IA? 

Em meados dos anos 40, alguns estudos em torno da IA começaram a ser desenvolvidos, mas ainda sem muita ambição. A intenção, naquela época, era apenas encontrar novas funcionalidades para os computadores e para a indústria bélica, já que a Segunda Guerra Mundial estava acontecendo em pleno vapor.

Com os avanços alcançados, ficou mais visível para entender o que é inteligência artificial e o que uma máquina altamente desenvolvida poderia proporcionar.

Foi daí, então, que surgiu a linha de estudo da IA no ramo da biologia, com a intenção, dessa vez, de imitar as redes neurais humanas. Como naquela época era tudo pouco desenvolvido, os estudos passaram por um período negro e voltaram à tona no final dos anos 80.

Hoje, ela se popularizou graças a avanços na área da computação e ao grande volume de dados disponíveis, tornando-se um hot topic na área empresarial.

Como funciona a Inteligência Artificial? 

Agora que você já sabe o que é Inteligência Artificial, chegou a hora de entender como ela funciona. 

O funcionamento da Inteligência Artificial parte da premissa de combinar dados com o processamento rápido e algoritmos inteligentes. Isso faz com que o software seja capaz de aprender automaticamente somente seguindo padrões pré-estabelecidos.

Porém, não é tão simples assim. Ela engloba um estudo amplo, que possui muitos subcampos. Confira alguns a seguir:

Machine Learning 

Através de métodos estatísticos e redes neurais, o Aprendizado de Máquina estabelece regras lógicas para automatizar processos e tomar decisões. Aqui, a intervenção humana é mínima e um bom exemplo do seu funcionamento é o sistema antifraude em gestão de pagamentos.

Atualmente, principalmente no comércio virtual, diversas tentativas de fraudes com cartões de crédito roubados ou clonados acontecem a cada segundo. Graças a tecnologias de machine learning, os sistemas são capazes de reconhecer rapidamente e barrar a maioria delas.

Deep Learning 

A Aprendizagem Profunda é uma subcategoria do Machine Learning e utiliza redes neurais com muitas camadas de processamento para aprimorar as máquinas. Algumas aplicações comuns são reconhecimento de imagem e de fala.

Processamento de Linguagem Natural 

O Processamento de Linguagem Natural (PLN) é a capacidade que os computadores têm de entender e gerar linguagem humana.

O que é ChatGPT?

O ChatGPT é um modelo de linguagem artificial desenvolvido pela OpenAI, que funciona por meio de aprendizado profundo e permite que os usuários interajam por meio de conversas com uma inteligência artificial. Essa tecnologia se tornou cada vez mais popular nos últimos anos, especialmente com a evolução dos assistentes virtuais em dispositivos móveis e smart speakers.

O ChatGPT foi treinado com uma grande quantidade de dados para compreender e responder às perguntas dos usuários de maneira mais natural possível. Ele usa algoritmos complexos de processamento de linguagem natural para entender a semântica das frases e responder de forma coerente e com um nível de inteligência artificial que pode surpreender o usuário.

A aplicação do ChatGPT é ampla e diversa. Ele pode ser utilizado para responder perguntas de clientes em atendimento ao cliente automatizado, em pesquisa de mercado, em chatbots de vendas, entre outros. Ele também pode ser utilizado em áreas da saúde, como em diagnósticos e recomendações médicas, ou em serviços financeiros, como em análises de risco e previsão de mercado.

Ele é apontado como uma das ferramentas mais eficientes para simular conversas humanas e, por isso, tem ganhado cada vez mais espaço nas empresas que desejam oferecer uma melhor experiência para seus usuários.

Em resumo, o ChatGPT é uma tecnologia de inteligência artificial avançada que permite a interação do usuário com um modelo de linguagem artificial. Seu funcionamento é baseado em algoritmos complexos de processamento de linguagem natural, permitindo uma resposta coerente e próxima ao que seria dito por um ser humano.

Dicas de como usar o ChatGPT no site da OpenAI:

1. Abra o site da OpenAI e encontre o ChatGPT. Ele pode estar localizado em diferentes áreas do site, dependendo do propósito do modelo.

2. Escolha um tópico que deseja conversar com o ChatGPT. O modelo é capaz de conversar sobre vários temas, desde entretenimento até negócios.

3. Comece a conversa com uma pergunta ou saudação simples. O ChatGPT vai tentar entender o que você está perguntando e dar uma resposta adequada.

4. Se o ChatGPT não entender sua pergunta ou se a resposta estiver incorreta, tente reformular a pergunta ou dar feedback ao modelo.

5. Personalize sua conversa com o ChatGPT. O modelo pode ser ajustado para se adaptar melhor às suas necessidades e preferências.

6. Experimente diferentes recursos do ChatGPT. Alguns modelos possuem recursos adicionais, como gerar texto ou imagens, ou fornecer previsões.

7. Lembre-se de que o ChatGPT é uma ferramenta de inteligência artificial e pode não ser perfeito em todas as situações. No entanto, ele pode ser uma ótima maneira de ter conversas interessantes e aprender coisas novas.

Mas atenção! Quanto mais avançadas as ferramentas de criação por IA (inteligência artificial) se tornam, mais difícil fica identificar o que é fato ou fake. Assim, algumas fotos “fakes” criadas por IA, por exemplo, viralizam ao mostrarem cenas insólitas – geralmente, envolvendo figuras políticas, cenários chocantes ou situações polêmicas.

Recentemente, circulou uma foto do Papa Francisco vestindo uma jaqueta branca de grife, cujo nome é “puffer”. Você viu essa, né? Inclusive, enganou várias pessoas e foi preciso fazer uma apuração para revelar que a imagem foi uma criação de uma IA, mais especificamente, a Midjourney. O autor da obra foi o artista Pablo Xavier, de 30 anos, morador de Chicago. Ele se divide na carreira na Construção Civil e a de artista e saiu do quase anonimato para uma visibilidade mundial.

Essa tecnologia que teve seu lançamento em 12 de julho e nada mais é do que um transformador de texto para imagem gerido por inteligência artificial, basicamente. E tudo isso acontece dentro do Discord de forma colaborativa. Fazendo com que as criações fiquem disponibilizadas para todos que estiverem dentro do grupo no qual as artes foram produzidas. Desde 2022, ele se atualiza cada vez mais, se aprimorando e produzindo imagens e conteúdos de ótima qualidade. 

Embora os especialistas venham alertando há anos sobre o potencial da IA ​​para gerar desinformação, isso não era um grande problema, já que as fotos fake eram facilmente detectadas. Em agosto de 2022, o CEO e fundador do Midjourney, David Holz chegou a disse ao site The Verge que o Midjourney não conseguia criar deepfakes, como são chamadas as imagens artificiais hiperrealistas que podem comprometer uma pessoa em uma situação falsa.

No entanto, em 15 de março de 2023, o Midjourney lançou uma nova versão de seu software (versão 5) que melhorou significativamente a qualidade das imagens retratando pessoas.

Essas melhorias fizeram com que várias imagens do Midjourney se tornassem virais desde então. Elas incluem não apenas fotos falsas do papa na moda, mas também há falsas imagens da prisão do ex presidente dos Estados Unidos Donald Trump, do presidente francês Emmanuel Macron caminhando pelos protestos em curso em Paris e o bilionário Elon Musk de mãos dadas com a parlamentar americana de esquerda Alexandria Ocasio-Cortez.

Os exemplos reacenderam o debate sobre o desafio de identificar se uma foto é ou não real. Segundo especialistas ouvidos pelo site Tilt, existem pistas que ajudam a descobrir, e nem sempre é preciso equipamentos de ponta para isso.

Segredo está nos detalhes

“A IA não cria características muito específicas. No caso do rosto humano, se você der zoom em uma imagem real, com boa resolução, vai notar manchas e imperfeições normais da pele. Isso não existe em uma imagem por inteligência artificial”, afirma Wanderson Castilho, perito digital há 20 anos.

O pesquisador João Phillipe Cardenuto, especialista na área de detecção de fraudes em imagens científicas, acrescenta que, às vezes, as fotos criadas por inteligência artificial deixam passar erros grotescos, como:

  • Orelhas: ao incluir um brinco na pessoa, o acessório fica mal colocado na imagem.
  • Mãos: pode acontecer da pessoa ter seis, sete dedos em uma mão. Ou a região ficar sem definição.
  • Olhos: a falta de reflexo do olho diante da luz ambiente.

Outros indícios

  • fundo da cena muito desfocado;
  • textos em segundo plano são indecifráveis;
  • falta de simetria no rosto (olhos de tamanhos diferentes, por exemplo);
  • pedaços da imagem parecem ter sido pintados ou borrados;
  • objetos se misturando à pele.

No caso do papa de casaco, o perito Castilho ressalta que as rugas do rosto dele são mais acentuadas no mundo real. A postura extremamente ereta na imagem fake também não condiz com o verdadeiro papa.

Outros elementos que provam que a cena não é real:

  • o objeto que ele carrega na mão direita (parece uma garrafa), que está desfocado e parece fazer parte do casaco;
  • os dedos da mão direita estão com uma definição esquisita;
  • ao dar um zoom no crucifixo, a imagem fica muito borrada;
  • e sua mão esquerda, que contém dois anéis — o anel papal sempre é usado na mão direita.

Alguns sites podem ajudar

Os entrevistados sugerem o uso de sites que, gratuitamente, permitem a verificação de fotos.

Um exemplo é o Forensically, usado para investigar imagens digitais. É uma plataforma popular entre entusiastas da ufologia que buscam descobrir se imagens de Óvnis passaram por alguma montagem.

O site oferece opções como lupa (para ampliar partes selecionadas da imagem), quantidade de emissão de luz registrada no arquivo e metadados.

Outra alternativa é usar o sistema de busca reversa de imagens no Google. A partir de uma imagem, o buscador faz uma comparação com outras iguais ou parecidas e exibe os resultados.

A partir disso, é possível checar se há referências de sites oficiais e confiáveis — vale também ler o contexto, pois eles também podem estar denunciando que se trata de uma imagem falsa criada por inteligência artificial.

Esse assunto rende muitas publicações, não é mesmo? Por isso, acompanhe o nosso blog e fique por dentro desse universo tecnológico que tem muito para agregar, mas também pede atenção e cuidado. 

Por Ana Gabrielle Ramos, redatora 

Postado por JK Shopping DF
Postado por: Jk Shopping
11 de abril de 2023

O que você achou?

204
145
24
19
96
58

Mais do Blog JK Shopping

1

JK Shopping conquista dois ouros no Prêmio Abrasce 2024

2

Cuidados com a pele no verão: entenda porque eles são essenciais

3

Depilação a laser: o que é, como funciona e todo mundo pode fazer?

4

Descubra qual a cor do ano e como usá-la a seu favor

5

Páscoa: celebre, presenteei e receba a data em grande estilo!

Artigos populares hoje

1

É tempo de Primavera! Confira 10 espécies de flores que desabrocham na estação

2

Quaresma: o que é, quando surgiu e curiosidades

3

Automóveis e Metaverso: como esses dois mundos se encontram?

Artigos recomendados

Confira mais artigos recomendados para você!

Comportamento

Horóscopo: Previsões para 2024 na vida pessoal, carreira e no amor

Com o ano começando, todo mundo quer saber o que os astros reservam para o nosso signo pelos próximos 12 meses. Algumas influências são mais favoráveis, enquanto outras podem trazer maiores desafios. Por isso, preparamos uma lista dos signos e suas previsões para 2024.

Comportamento

Quaresma: o que é, quando surgiu e curiosidades

Um dos costumes mais conhecidos, e que é praticado por milhões de cristãos, é a observância da Quaresma. Esse é um período do calendário litúrgico do cristianismo que serve como antecipação e preparação para a Páscoa — a celebração da ressurreição de Jesus e a festa mais popular do cristianismo.

Moda

Tendências: apostas para outono/inverno 2024 direto das semanas de moda

Sabemos que as tendências são cíclicas, e para atualizar seu look em 2024, entender quais são as principais apostas e como combinar com o que você já tem no armário é o primeiro passo.

Nome do filme

Cla:
Dur:
Fechar
Compre seu ingresso